Roteirização: o processo chave das operações de transporte de sucesso

Você sabe o que é roteirização e como este processo pode mudar a realidade da sua empresa? Veja neste conteúdo tudo sobre o assunto e ainda exemplo de quem já conseguiu otimizar o processo logístico.

Você sabia que o processo logístico consome, em média, 12% do faturamento das empresas brasileiras, segundo estudo da Fundação Dom Cabral? Por se tratar de uma área cada vez mais estratégica, boas práticas ganham espaço no setor. Uma delas é a roteirização, que permite aos gestores do segmento logístico tornar a rotina do setor mais estratégica e controlável.

Neste conteúdo você vai saber tudo sobre a roteirização e como este processo vai ajudar a sua empresa a ter uma logística de sucesso. Acompanhe abaixo e veja ainda exemplos de empresas que já contam com a roteirização como aliada da logística.

Entendendo a roteirização

Todo processo logístico precisa de organização e planejamento. É através destes dois pontos centrais que estão baseadas as boas práticas da logística. Sempre que uma empresa busca tornar seu processo de distribuição mais eficiente e controlável, se volta a estas questões.

E é nesse cenário que está também a roteirização. Como o próprio nome sugere, trata-se do planejamento das rotas utilizadas para a distribuição da produção. Mas o que ainda é comum de se ver são profissionais que tratam como roteirização qualquer trabalho simples de envio dos pedidos.

Na realidade, a roteirização envolve o estudo dos trajetos a serem percorridos, levando em consideração diversos dados que são relevantes para o processo. Considera-se, por exemplo, a condição das estradas, a organização da carga para envio de pedidos a endereços próximos, rotas com custos altos de pedágio, volume de tráfego, entre outros.

Isso porque, como você deve saber, nem sempre o caminho mais curto para a entrega é o mais eficiente. E talvez nem mesmo o mais rápido. Por exemplo: caminhões com tamanhos distintos não podem circular em determinadas regiões da cidade – como nos centros – em horários de pico. Nestes casos, é sempre importante contar com uma rota alternativa. Rodovias em obras também podem comprometer a pontualidade da entrega e ainda causar danos ao veículo.

Todas estas questões são avaliadas no processo de roteirização. No entanto, como você pode perceber, são questões complexas a serem analisadas. É necessário ter em mãos uma grande quantidade de dados e também um ótimo processo de análise. Manualmente, é quase impossível realizar uma roteirização eficiente, pois as equipes estão cada vez mais enxutas e os prazos de entrega mais apertados.

Digitalizando o processo de desenvolvimento de rotas

A roteirização surgiu num cenário recente do processo logístico. Alguns fatores contribuíram para que se verificasse a necessidade de análise de melhorias na rotina de entregas. Entre estes fatores podemos citar:

- Clientes cada vez mais exigentes: tanto as vendas B2B (empresas para empresas) quanto as B2C (empresas para consumidor final) sentem que o cliente busca mais agilidade. Ele quer um serviço de qualidade e isso inclui a entrega rápida de suas aquisições. Para se ter uma ideia, um recente estudo da plataforma Reclame Aqui mostrou que dois fatores ligados à logística estão no topo de motivos de desistência de compras. Para 63,9% dos consumidores, o alto valor de frete os faz desistir, enquanto para 18% é o prazo de entrega que leva a esta decisão.

- Custos elevados de logística: em contrapartida, os custos para a realização de entregas rápidas e eficientes é um desafio. Como destacamos no início desse post, 12% do faturamento das empresas é gasto em custos logísticos. Valores de frete, manutenção da frota, pagamento dos colaboradores e combustível estão entre alguns dos itens que tornam a logística um setor crucial e passível de avaliação e investimentos para o bom andamento da empresa.

- Concorrência acirrada: se o consumidor desiste da compra ao verificar os valores de frete e tempo de entrega, ele com certeza busca o produto em outros fornecedores. Para conseguir driblar a crescente concorrência de mercado, as empresas precisam investir em boas práticas de logística. Neste fator está também a roteirização, como uma opção viável e eficiente no processo de distribuição.

Mais do que apenas otimizar o trabalho interno, a roteirização tem um papel muito importante para o posicionamento de mercado da empresa. Afinal, rotas bem planejadas trazem diversos benefícios ao negócio, incluindo agilidade e entregas no prazo.

Mas para que este se torne um processo eficiente, é muito importante que seja realizado através do apoio tecnológico. Veja abaixo como fazer.

Escolhendo o seu sistema de roteirização

Se a sua empresa ainda não conta com processo automatizado na logística é hora de avaliar este investimento. Um bom software roteirizador vai se tornar o guia do motorista e auxiliá-lo a realizar as entregas com eficiência.

Em contrapartida, dá à central dados confiáveis para avaliar o grau de assertividade das rotas criadas. E com base nas informações como hora de entrega, paradas não programadas, novas informações sobre a rota, otimizar o processo constantemente. A correção de erros é, inclusive, um dos ganhos da roteirização automatizada, como você verá a seguir.

Antes de escolher o seu sistema de roteirização, é importante avaliar algumas questões. Separamos as principais delas abaixo:

  • Busque uma empresa especializada: muitas empresas oferecem opções tecnológicas com a promessa de melhorar o desempenho dos negócios. Mas escolher um fornecedor que seja especialista em logística é um ponto fundamental para a boa contratação de um software roteirizador. Isso porque, durante o processo de implementação da tecnologia, fará total diferença contar com a consultoria de profissionais experientes. Um fornecedor de tecnologia especializado em logística também estará a par das melhores práticas do segmento, ajudando sua empresa a desenvolver acertadamente as adequações desde o início do projeto.
  • Um sistema complementar é um diferencial: já ouviu falar em soluções de TMS que contemplam todo o processo logístico? Mesmo que neste momento seu orçamento não permita investir em um software completo, contar com um roteirizador que possa ser integrado com outras soluções logística é um investimento estratégico. Futuramente, sua empresa pode expandir o projeto de automação logística e terá a garantia de que o sistema não será obsoleto nem impossível de integrar aos demais sistemas. Uma solução que também converse com o seu ERP é importante, para manter todos os dados bem armazenados e de fácil compartilhamento.
  • Avalie questões técnicas: tenha a certeza de que seu roteirizador já contempla os mapas necessários e que este não será um custo adicional para a empresa. A possibilidade de restringir rotas conforme a legislação (lembra que falamos sobre a proibição de caminhos em determinados horários no centro das cidades?) ajuda a reduzir este tipo de problema. Um bom sistema de roteirização já conta com estas funcionalidades em sua estrutura.
  •  Veja o que diz o mercado: quando a empresa que desenvolve um software de roteirização que é usado por grandes marcas, é um sinal de que ela tem um bom sistema. Ouça o que estas empresas falam e veja cases que mostram como a roteirização foi utilizada em outros negócios. Assim sua empresa terá um comparativo prático para avaliar as possibilidades de investimento.

Com os fatores acima, o gestor terá em mãos informações confiáveis para definir a contratação de um bom sistema roteirizador.

As vantagens da roteirização

Agora que você já sabe o que é roteirização e o que avaliar ao escolher seu software roteirizador, veja as vantagens que esta tecnologia traz para os negócios.

Menos trabalho operacional:

Um dos grandes objetivos das empresas é tornar suas equipes mais estratégicas. Assim, células enxutas podem realizar entregas eficientes nos segmentos. E a conta “menos pessoas, mais entregas” só funciona com o apoio da tecnologia. No setor logístico, a roteirização garante a redução do trabalho operacional com a automação da criação de rotas. A partir de alguns indicadores escolhidos pela gestão logística, o software traz automaticamente os trajetos com melhor custo-benefício.

Não se trata apenas de uma conta simples. Um sistema logístico não calcula somente o trajeto mais rápido, mas sim o mais eficiente. Aquele que vai permitir mais entregas em menos tempo, que vai reduzir custos de combustível e pneus, e que vai manter o motorista em rotas com menos tráfego. Estes e mais detalhes são analisados automaticamente e em poucos minutos as rotas são entregues.

A roteirização, portanto, torna o trabalho de projeção de rotas mais confiável e não apenas baseado no conhecimento prévio da equipe. Em contrapartida, as pessoas podem investir o tempo de trabalho em ações mais estratégicas, como a análise dos dados trazidos pelo sistema.

Redução de custos:

Diversos custos estão envolvidos com o processo de distribuição. Boas rotas reduzem desde o tempo de entrega (que implica no custo com a equipe, como horas extras para o motorista) até o consumo de combustível. Inclusive, as manutenções com a frota podem ser reduzidas através da roteirização, já que trajetos eficientes não desgastam tanto os veículos.

Mais eficiência na distribuição:

Quando a roteirização ocorre baseada também em outros processos, como a consolidação e o sequenciamento de cargas, os veículos são aproveitados em sua totalidade. Mais produtos são entregues em rotas bem desenvolvidas, em que se alia bom trajeto com otimização de espaço no caminhão. O resultado são entregas rápidas e seguras e menos rodagem da frota, que em resumo, traz redução global de custos e um processo logístico eficiente.

Melhor experiência do cliente:

Por fim, um ganho muito sensível trazido pelo processo eficiente de entregas é a melhoria na percepção do cliente. Seu consumidor, seja ele cliente final ou outras empresas, terá uma experiência muito mais positiva quando seu negócio possui um sistema eficiente de roteirização. E este fator é muito importante para a fidelização do cliente e o consequente crescimento dos negócios.

Veja exemplo de empresa que já usa a roteirização em sua rotina

Ainda está em dúvidas sobre as vantagens da roteirização? Separamos aqui um exemplo de empresa que automatizou seus processos através do sistema de roteirização da Lincros. Veja como o software tornou a rotina deste negócio mais eficiente e apoiou na transformação digital da logística:

O negócio

A Intercores é uma distribuidora especializada em tintas e soluções de construção. A empresa, localizada no Espírito Santo, distribui insumos tanto para este estado quanto para São Paulo e Minas Gerais.

O desafio

Um dos desafios da empresa era garantir que o processo de roteirização pudesse ser controlado pela central, sem mais depender apenas do conhecimento prévio dos motoristas em relação às rotas.

Antes da roteirização

Antes de passar pelo processo de automação, o controle das entregas realizadas pela frota era manual. Não havia uma organização eficiente das entregas nem a possibilidade de se tratar intercorrências que eventualmente surgissem durante o trajeto. 

Após a adoção do sistema de roteirização da Lincros

A Intercores optou pelo sistema roteirizador da Lincros e já registra ganhos após a implantação. Agora, as rotas são otimizadas e a companhia tem a possibilidade de acompanhar e ajustar o processo com mais assertividade. Veja o depoimento do analista de logística da empresa, Janio Carvalho:

“Com o sistema de gestão passamos a organizar o trajeto de entrega e montar a carga a partir daí, agilizando não só a rota, com os caminhos com melhor custo-benefício, mas também agilizando a descarga, com os produtos já organizados de acordo com a sequência de paradas. Com os dados coletados pela solução da Lincros, podemos verificar quantas entregas foram feitas em trajetos anteriores, o que facilita a tomada de decisão. Não há mais um superdimensionamento das entregas: conseguimos saber, por exemplo, que o caminhão direcionado para determinada rota pode fazer até 10 entregas no dia. Isso evita o retorno de mercadoria e um novo deslocamento, que é comum quando você não tem dados confiáveis sobre tempo para entregas e não consegue desenvolver o planejamento com informações confiáveis.”

 

Ainda tem dúvidas sobre a roteirização e quer saber como podemos ajudar o seu negócio a economizar e otimizar a rotina? Entre em contato com nossos especialistas e agende uma demonstração!