Torre de controle logístico: 7 vantagens de implantar na sua empresa

torre de controle

Você sabe onde está cada um dos caminhões da sua frota e o que está planejado para eles? Com o auxílio da tecnologia é possível acompanhar em tempo real as transferências de carga, desde o carregamento na indústria até a descarga no destino final. Neste post você entenderá melhor o papel da torre de controle logístico para o acompanhamento do transporte de mercadorias e insumos.

O que é a torre de controle logístico?

Muitas empresas ainda não usam a tecnologia para a gestão dos processos, por isso é comum ainda surgirem dúvidas sobre o que é a torre de controle logístico e qual o seu propósito? A torre de controle logístico é uma alternativa eficiente para o monitoramento de todos os processos que envolvem o transporte de cargas, pois possibilita:

  • planejar as demandas;
  • controlar o tempo de cada atividade;
  • acompanhar as etapas em tempo real;
  • visualizar os indicadores da operação;
  • enviar e receber notificações para a tomada de decisões;
  • resolver rapidamente eventuais problemas.

Outro questionamento muito frequente é qual a diferença entre a torre de controle logístico e a central de monitoramento. A resposta é que elas são complementares. A central recebe, reúne e monitora todas as informações relacionadas ao transporte de cargas e toma as medidas necessárias para resolver eventuais problemas. Sua atuação costuma ser dividida em regiões, que são acompanhadas por operadores. Isso significa que uma empresa pode ter várias centrais de monitoramento espalhadas pelo país e todas irão se reportar à uma central administrativa, que no caso é a torre de controle.

Podemos traçar um comparativo com a aviação. Cada aeroporto tem a sua própria torre de controle, que autoriza pousos e decolagens, entre outras ações. E, cada torre deve se reportar à um órgão superior, que pode ser a Infraero ou Força Aérea Brasileira, pois ambas são responsáveis pelo espaço aéreo nacional. Na logística o processo é semelhante, uma empresa pode ter entre 4 a 5 centrais de monitoramento, que trabalham ativamente para manter a comunicação constante com os motoristas. O papel da torre de controle é acompanhar todos esses processos de forma mais estratégica, reunindo toda gestão logística num único espaço físico.  

Normalmente, a torre de controle gerencia a movimentação de produtos entre as fábricas e centros de distribuição próprios. E, a central de monitoramento, por sua vez, está focada na movimentação da mercadoria do centro de distribuição ou fábrica, direto para seu cliente.

7 vantagens do monitoramento logístico

É importante ressaltar que cada empresa, região e segmento de atuação tem suas particularidades, então não existe uma fórmula exata para a operação logística. Mas, no mercado existem boas práticas, tecnologias especializadas e alguns caminhos para alcançar a eficiência dos processos logísticos. Portanto, você pode fazer ajustes a fim de atender as necessidades da sua empresa.

O ideal é que a torre de controle logístico utilize sistemas especializados, para ampliar a produtividade das equipes, o aproveitamento da frota e o aperfeiçoamento das atividades em geral. Listamos abaixo alguns indicadores que podem ser acompanhados em tempo real pela torre de controle:

  • on time na coleta e na entrega;
  • tempo parado em trânsito;
  • tempo no pátio por unidade;
  • veículos em processo de carregamento ou descarga por unidade;
  • veículos carregados por unidade;
  • veículos em trânsito por região;
  • veículos próximos à unidade;
  • motivos de atraso;

Como você pode perceber, a torre de controle monitora a transferência de cargas, acompanha o que está previsto e o que está sendo realizado. Desta forma, é possível ter informações se o caminhão chegou ao destino antes do esperado ou se está atrasado e não conseguirá cumprir o prazo determinado. Por meio do acompanhamento em tempo real, a torre de controle pode buscar meios de reduzir do tempo dos caminhões parados no pátio, planejar agendamentos de docas mais eficientes e impedir docas vazias, por exemplo.

É importante ressaltar que para empresas que transportam cargas perecíveis a torre de controle desempenha um papel determinante para garantir a qualidade dos produtos entregues. Vamos supor que uma determinada transferência de carga deva ser feita entre -5° a -15° graus. Assim que a carga é faturada e carregada, a torre já pode acompanhar se o clima no baú do caminhão está dentro do que é exigido para o tipo de produto transportado. Caso contrário, é gerada uma anomalia e o sistema deprecia o percentual de eficiência, ou seja, o tempo em que o carregamento foi efetivamente transportado na temperatura ideal.

Resumindo, as principais vantagens da torre de controle logístico são:

  • Monitoramento em tempo real
  • Redução de custos operacionais
  • Aumento de competitividade e produtividade
  • Agilidade e eficiência na tomada de decisões
  • Aperfeiçoamento, otimização e centralização do atendimento
  • Captação de dados para indicadores internos
  • Divisão de responsabilidades com prestadores de serviço

Agora que você já tem mais clareza sobre a função e vantagens da torre de controle logístico, que tal escolher uma solução de monitoramento para implantar na sua empresa? A partir disso é possível ter mais controle sobre as entregas, tempo de carregamento, deslocamento, descarregamento e períodos em que os caminhões ficam parados. Com isso, a sua empresa se torna mais estratégica e dá um grande passo em busca da excelência.