Obrigado por entrar em contato conosco!

Insira seu nome e e-mail para prosseguir para o WhatsApp

4 dicas para redução de custos operacionais de entrega

Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos não são novas ferramentas de gestão no mercado. De acordo com Martin Christopher, autor de “Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimento”, elas são usadas desde os tempos das construções das pirâmides pelo povo egípcio e também na formulação de estratégias de guerra. Hoje, a logística é utilizada para redução de custos operacionais, em outras palavras, para diminuir os custos aumentando os lucros. O que é necessário para a gestão de processos eficientes.

Apesar de antiga, a logística tem mudado os conceitos e formas de gerir os estoques e as entregas de mercadoria.

Se, antigamente, ela poderia ser chamada apenas de ferramenta, hoje é considerada uma das principais armas de uma empresa. É por meio de uma logística eficaz com indicadores de desempenho, que empresas conseguem melhorar o funcionamento interno. E ainda, integrar processos e dar maior comodidade e rapidez no atendimento dos clientes.

Para o auto do livro “Gestão de Estoques na Cadeia de Logística Integrada”, Hong Yuh Ching, o controle de estoque é responsável por absorver até 40% dos custos totais de uma empresa. Isso significa que tudo começa ali e que essa etapa precisa de atenção também.

Além dessa, existem tantas outras que merecem atenção. Nesse post, vamos dar 4 dicas para redução de custos operacionais de entrega. Para isso você precisa:

1. Centralizar informações

Com tantos processos envolvidos durante as operações de entregas, integrar todos é o melhor caminho para não gerar retrabalho ou confusão de informações. Para isso existe o ERP (Enterprise Resource Planning). O ERP é um software de gestão geral da empresa.

Um dos recursos para acabar com a conferência manual e todos os erros que vêm dela é a checagem por rádio frequência. A ferramenta permite uma conferência exata das mercadorias por meio de seus códigos de barras, os chamados EAN's (European Article Numbering) e DUN's (Distribution Unit Number), diminuindo drasticamente as chances de erro humano.

3. Otimizar a rota de entrega

A otimização da rota é fator fundamental para reduzir custos operacionais quando uma mesma viagem destina-se a atender a várias entregas. A melhor maneira é identificar a rota mais econômica ou mais rápida e que atenda a todos os pontos de entrega, minimizando assim os custos de transporte.

4. Certificar entregas

Inúmeros cases já mostraram que a certificação de entrega diminui o número de devoluções. Com um simples smartphone ou um teclado logístico, o motorista troca informações sobre problemas encontrados no caminho com a central. Esse processo é feito de maneira digital e em tempo real.

A central pode atuar o mais rápido possível e tomar decisões importantes mais assertivas. Sabendo o que está acontecendo com sua equipe, a central informa o cliente sobre eventuais atrasos e evita um abalo na credibilidade da empresa.

Além disso, você tem alguma dica para redução de custos operacionais de entrega? Compartilhe nos comentários!

Crédito de imagem: Joost J. Bakker/CC

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!​

comentários comentários

Recomendamos para você:

Como criar uma cadeia de suprimentos sustentável

“Sua cadeia de suprimentos está pronta para o futuro?” Essa é a pergunta central da entrevista...

Análise preditiva da cadeia de suprimentos

Já falamos aqui no blog sobre a importância de coletar e analisar dados para aprender com os erros....

4 problemas operacionais que prejudicam o SLA do seu prazo de entrega

Estes 4 problemas operacionais podem colocar em risco o SLA do seu prazo de entrega. Saiba quais...
INFOGRAFICO

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa