Paradas não programadas: por que é essencial identificá-las

Imprevistos são passíveis de acontecer em todos os segmentos, porém, para a logística, a atenção às paradas não programadas é essencial para garantir a segurança da operação e dos envolvidos nela e também a lucratividade dos negócios. Aqui te explicaremos a importância de ter em sua empresa um controle e acompanhamento das paradas não programadas.

Quando uma frota sai a campo, as preocupações são inúmeras e a equipe de entrega possui vários desafios a serem cumpridos durante a operação. Chegar ao seu destino na data e horário acordados com o varejista é um deles. Entretanto, notificar a central sobre imprevistos e paradas não programadas durante o caminho pode evitar problemas ainda maiores, que vão desde a lucratividade, até a segurança dos profissionais e das cargas.

Além de haver maior dispersão das informações, as paradas não programadas (PNP) também impactam negativamente no custo operacional, problema que pode ser solucionado por sistemas de gerenciamento automatizados. Essa funcionalidade auxilia no acompanhamento do itinerário dos motoristas, passo que é fundamental para garantir visibilidade dos trajetos e deixar o gestor sempre a par da localização de sua frota.

Se a central sabe o que está acontecendo, ela está munida de informações para agir quando necessário. Isso impede que se quebrem acordos com o varejista, por exemplo. Atualmente existem no mercado diversas soluções voltadas ao setor de logística que aliam as atividades com a tecnologia e permitem que a comunicação possa ser feita de maneira eficaz e instantânea.

Dessa forma a equipe de entrega consegue avisar a central se precisou parar para trocar um pneu do veículo, enfrentou um congestionamento não esperado ou qualquer outro problema que pode ocorrer durante o trajeto. Com essa informação em mãos, o gestor pode informar ao varejista o motivo do atraso e negociar uma eventual devolução da entrega.

CTA Gestão de entregas

Nos casos em que os analistas de rota têm acesso a dados em tempo real, podem até calcular o tempo de entrega mais aproximado possível se o cliente solicitar.

Outra situação comum no cotidiano das equipes é o atraso devido a obras ou acidentes na pista. Se uma equipe está parada por causa disso, avisa pelo sistema de gestão logística com dashboard no smartphone o motivo e o analista responsável pode reprogramar as rotas de outros veículos para que não passem pelo mesmo local.

Além disso, outro ponto importante para realizar o controle de paradas não programadas (PNP), é o roubo de carga. Dados da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística apontam que somente em 2020 foram registrados mais de 14 mil roubos deste tipo, estimando que os prejuízos cheguem a R$ 1,2 bilhões.]

Com a assistência remota é possível identificar em tempo real que o veículo efetuou uma parada em um local onde não deveria parar e o tempo que permaneceu neste local. Com esta informação, a central de monitoramento pode tomar as ações necessárias como bloquear o veículo, acionar equipe de apoio ou comunicar às autoridades da região.

Investir neste acompanhamento reflete o comprometimento da empresa com seus negócios. Essas facilidades são frutos da tecnologia desenvolvida especialmente para processos logísticos, já que garantem respostas rápidas e ativas. Quando bem utilizada, pode aumentar a produtividade e reduzir custos porque evita erros de comunicação e dá visibilidade das atividades realizadas pelos motoristas da frota.

Além da possibilidade de prever possíveis imprevistos, outros pontos como a otimização do trajeto também pode ser facilitado com tal acompanhamento, o que traz economia e agilidade ao desempenho das atividades.

Por último, também vale ressaltar o acompanhamento da vida útil das cargas em transporte. Como alguns produtos possuem um ciclo de vida reduzido, como é o caso dos alimentos, se manter atento às paradas não programadas auxiliam à que não aconteçam perdas de mercadorias por vencimento dos produtos.

Agora que já entendeu mais sobre a importância desse tópico, compartilhe nos comentários se você já usou a tecnologia para notificar paradas não programadas.

Demonstração ROT

 

Foto de Kevin Bidwell no Pexels

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!​

comentários comentários

Recomendamos para você:

O que é Logística SPOT?

Na logística, as negociações de pagamento de frete normalmente são realizadas por meio de contratos...

Conheça as 4 principais especializações em logística

Nos dias de hoje, é preciso oferecer mais para o mercado. Ter uma formação básica demais já não é...

4 problemas operacionais que prejudicam o SLA do seu prazo de entrega

Estes 4 problemas operacionais podem colocar em risco o SLA do seu prazo de entrega. Saiba quais...
INFOGRAFICO

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa