Por que é importante otimizar a logística na construção civil?

profissionais da construção civil em reunião

Você está satisfeito com a distribuição de materiais de construção? A logística na construção civil é um grande desafio, tanto para embarcadores, quanto para empreiteiras, construtoras, revendas de material de construção, etc. Por isso, vamos apresentar os principais motivos para otimizar os processos.

A importância de planejar a logística na construção civil

Preocupar-se com a logística não é algo comum para alguns segmentos específicos. Um exemplo disso é a própria construção civil. Geralmente, ao se construir um prédio, pouco se pensa em como a entrada e a saída de insumos do canteiro de obras pode interferir nos prazos, redução de desperdícios e até mesmo no controle da jornada de trabalho.  

Mesmo que lentamente, as empresas começam a perceber que no segmento logístico o planejamento não é um mero detalhe. Afinal de contas, a organização dos processos pode fazer uma grande a diferença nos resultados. Na indústria de insumos para a construção civil, contar com o apoio de ferramentas que auxiliem na gestão da obra tem se tornado um diferencial competitivo.

A tecnologia é uma das alternativas para aumentar a eficiência da logística na construção civil. Com o uso de softwares especializados é possível ter mais controle sobre as entregas e sobre a frota de veículos. Por meio do monitoramento inteligente é possível identificar eventuais problemas que poderão impactar nos prazos de entrega. Ou seja, é possível renegociar os prazos e manter a confiança do cliente.

Portanto, é fundamental ter em mente que o planejamento de uma grande obra considere também os aspectos relacionados à logística na construção civil. Além de se preocupar com questões específicas de engenharia, também é imprescindível atentar para a

distribuição de materiais de construção. Afinal de contas, se os insumos não chegarem ao canteiro de obras, o que foi planejado não poderá ser executado.

Os principais desafios da logística na construção civil

Vamos supor que a sua empresa fechou um grande contrato para a distribuição de materiais de construção. No dia previsto para entrega de uma grande remessa de tijolos o cliente aloca até mais operários, na expectativa de que a obra evolua significativamente. Porém, por algum motivo houve um atraso no transporte e o pedido não foi entregue.

Quando o cliente não é informado sobre o atraso, ou mesmo quando a notícia chega em cima da hora nem sempre há o que fazer com a equipe. Isso porque havia sido traçado um plano que dependia de insumos, mas eles não chegaram. Em resumo, esse simples atraso certamente resultará em prejuízo. Isso porque a equipe ficará ociosa no canteiro de obras, até que seja revisto o plano de trabalho. Portanto, gerir a entrega de insumos, possibilita o planejamento just in time e evita o excesso de materiais no canteiro de obras, além de roubos.

Por outro lado, a empresa que atrasou a entrega também sai em desvantagem. Afinal de contas, a relação entre fornecedor e cliente ficará abalada. A longo prazo, se episódios como esse se repetirem, é provável que o montante de dinheiro desperdiçado fique bastante representativo e o cliente opte por procurar outro fornecedor. Esse exemplo resume a importância da logística na construção civil.

Se você já passou por situações como essa, fique tranquilo. Existem ferramentas que podem lhe ajudar a otimizar os processos do dia a dia. Em uma área que está cada vez mais exigente, como é o caso da construção civil, ter informações mais precisas sobre a situação do pedido e a possibilidade de agir imediatamente perante qualquer empecilho da entrega é um grande diferencial. Além de estreitar os laços de confiança com o cliente, dando à ele a possibilidade de modificar previamente o plano de ação para o canteiro de obras e talvez até redirecionar a equipe para uma atividade que não exija os materiais em transporte.

Como usar a tecnologia para otimizar as entregas

Gestão de Entregas

Um sistema para a gestão de entregas é interessante para as empresas que trabalham com a logística na construção civil. Com essa ferramenta é possível monitorar cada ação realizada pelo caminhão, por exemplo: se houve paradas não programadas, desvios de rota, problemas durante a entrega, etc. Quando um desses eventos acontece, a central de monitoramento é notificada imediatamente. Por meio de um painel de controle é possível ter contato direto com o motorista para saber o que ocorreu e tomar providências, como avisar ao cliente que haverá um atraso.

Outra vantagem desse relacionamento diz respeito às devoluções. Infelizmente é praticamente impossível pensar em logística sem considerar erros nas entregas. Por isso, quando eles ocorrem, precisam ser contornados da melhor maneira possível e com agilidade.

A ferramenta de gestão de entregas foi desenvolvida para que o próprio motorista, no momento da entrega, tome providências quanto às devoluções. Em contato com a central de monitoramento é possível resolver o problema imediatamente, sem a necessidade de devolução de todo o lote onde foi detectado alguma inconsistência.

Gestão de Frotas

Com um software de gestão de frotas é possível ter total controle sobre os veículos. Isso inclui a manutenção, o controle de pneus, gestão do almoxarifado, abastecimento e até mesmo o gerenciamento de multas e documentos. É uma solução prática para reunir todos os indicadores de maneira fácil e rápida. A possibilidade de visualizar tudo num só lugar também favorece a tomada de decisões. Como os materiais transportados nesse tipo de operação exigem muito mais dos veículos, por conta do peso e distribuição da carga. Dessa forma, é imprescindível que haja um controle efetivo da frota para aproveitar ao máximo sua vida útil.

Já pensou em fazer uma análise do impacto da logística na construção civil? Você pode começar identificando o quanto a gestão de frotas influência na logística da operação. A falta de manutenção ou a má gestão de pneus, por exemplo, podem resultar em problemas na estrada ou com a carga. Portanto, é algo que não dá pra descuidar. No entanto, fazer o controle manualmente ou atualizar os dados em planilhas demanda muito tempo.

Recorrer à tecnologia se torna então a melhor opção. Afinal de contas, com softwares especializados em logística é possível reunir todas as informações num só lugar. Além de visualizar quantos veículos estão ativos, você também pode conferir o custo do quilômetro rodado, detalhes de manutenção e até informações sobre multas ou socorro em rota.

Resumindo, ter o controle sobre a frota é fundamental para garantir o cumprimento dos prazos e a efetividade da logística na construção civil. Com o auxílio da tecnologia é possível reduzir custos com manutenção e até aumentar a vida útil dos pneus, que por sua vez podem reduzir o custo por quilometragem. Portanto, além de garantir a satisfação do cliente, os softwares especializados em logística aperfeiçoam significativamente a operação da sua empresa.

Com a logística na construção civil cada vez mais otimizada, os clientes perceberão que o diferencial dos serviços da indústria que usa essas ferramentas representa ganhos de produtividade na obra. Dessa forma, o fornecedor adquire boa reputação e a empresa cresce.

Um exemplo foi disso ocorreu durante a paralisação dos caminhoneiros, em maio deste ano. Os embarcadores e fornecedores que usavam softwares especializados em logística tinham informações precisas sobre a sua frota de veículos e conseguiam manter os clientes informados sobre a situação das entregas.  

Embora a roteirização seja algo complexo é fundamental fazer esse planejamento. A tecnologia auxilia com aspectos como restrições para trânsito de veículos pesados, necessidades específicas do clientes, trânsito recorrente em determinados horários, ruas interditadas temporariamente e até endereços que não correspondem ao planejamento. Tudo isso evita entregas erradas e atrasos.

Este post foi útil para você? Se você gostou, sugerimos também  leitura dos conteúdos abaixo:

Como escolher uma tecnologia de gestão de entregas: pré-requisitos e recursos disponíveis

Como funciona um software para gestão de frotas?

Como montar uma central de monitoramento de entregas

 

Publicado originalmente em 16/10/2017 e atualizado em 11/10/2018.

Foto: CC0 License/Pixabay

 

[banner id=”2724″]