Por que devo investir em tecnologia para acompanhar a jornada do motorista

jornada do motorista
A sua empresa já cumpre tudo o que a legislação prevê para a jornada do motorista?
A Lei 13.103 completou seis anos recentemente, mas muitas empresas ainda estão se adaptando às exigências. Durante a leitura deste post você vai perceber que a tecnologia é uma solução eficiente para o acompanhamento em tempo real da jornada de trabalho dos motoristas.

A proposta da regulamentação da jornada do motorista é evitar que os profissionais passem  muitas horas ao volante. A legislação determina que os caminhoneiros permaneçam na direção por oito horas (pode ser prorrogado por mais duas horas ou, se acordado em convenção coletiva, pode ser prorrogada por até quatro horas), com um intervalo de 30 minutos a cada seis horas. Além disso, a cada 24 horas de trabalho o motorista profissional deve ter um intervalo de 11 horas ininterruptas de descanso.

Acompanhar a jornada do motorista é sempre um desafio para as empresas. Afinal, durante a jornada do condutor, dezenas de imprevistos podem atrapalhar os prazos de entrega de mercadorias. Fazer este acompanhamento permite que o gestor das operações busque soluções para minimizar o impacto de possíveis atrasos, renegociando prazos e atualizando o cliente sobre eventualidades.  

Jornada do motorista: obstáculos a serem superados

Mesmo com as exigências da legislação, na prática ainda existem algumas dificuldades em cumprir o que está previsto em lei. Uma reclamação muito comum entre os motoristas é a falta de segurança nas estradas, por isso muitas vezes os profissionais acabam prorrogando as paradas. Mas, para evitar penalidades trabalhistas as empresas devem buscar alternativas para cumprir a lei e se resguardar e a tecnologia tem sido uma grande aliada no acompanhamento da jornada da equipe de entregas. Dentre dos principais obstáculos relatados pelos motoristas profissionais são:

  • infraestrutura precária das estradas;
  • ausência de pontos de parada;
  • postos fiscais insuficientes;
  • preço do frete e sistema de remuneração;

Recentemente os caminhoneiros paralisaram seus serviços e essa atitude tomou grandes proporções. O país praticamente parou, enquanto uma classe profissional reivindicava seus direitos, principalmente em relação ao aspecto financeiro (custo do transporte x remuneração). Diante deste cenário, a tecnologia despontou como uma forte aliada para aumentar a eficiência logística, reduzir custos e ainda acompanhar a jornada do motorista.

Como usar a tecnologia nas rotinas de logística

Sabemos que quanto maior a frota de veículos, mais difícil é fazer a gestão logística. Afinal, esse processo envolve consumo de combustível, manutenção, controle dos pneus e toda a gestão da documentação, que inclui o pagamento de impostos, revisões, multas, etc. A boa notícia é que existem softwares especializados que tornam esse acompanhamento mais fácil. Por meio de um dashboard dinâmico você pode acompanhar todas as informações em tempo real, inclusive a jornada do motorista e sua localização exata. Isso pode ser feito com  sistemas especializados na gestão de entregas e acompanhamento de jornada.

São muitas as vantagens de acompanhar o deslocamento do motorista. Um exemplo é que a coordenação de operações consegue se comunicar mais facilmente com o caminhoneiro para entender situações que fogem do previsto. Com um sistema que monitora as entregas essa comunicação se torna possível, bem como o ajuste de rota, caso haja algum problema na estrada, por exemplo. Além disso, o motorista também consegue informar os motivos de uma parada, como intervalo, almoço, abastecimento, defeito no veículo ou acidente.

Atualmente existem tecnologias especializadas em logística, que fornecem dados em tempo real e, além de otimizarem a operação de entregas, diminuem o número de devoluções. Com conhecimento da situação, o coordenador tem tempo para reverter devoluções de mercadoria, já que pode checar rapidamente informações da entrega e repassá-las com segurança ao motorista. Soluções especializadas em gestão de entregas permitem o monitoramento integral de toda a atividade, enquanto soluções para controle de jornada garantem que a equipe cumpa seus horários dentro da lei.

Outro fator importante é o tempo líquido da jornada do motorista. Com um software, o gestor é capaz de otimizar esse tempo, ou seja, mesma duração da jornada de trabalho com melhor aproveitamento do tempo. Há ainda a possibilidade de analisar os dados e estudar formas de diminuir o tempo de entregas para, consequentemente, aumentar os lucros.

Software logístico: 3 motivos para acompanhar a jornada do motorista

1) Cumprir a legislação

Ter controle sobre a jornada do motorista é fundamental para cumprir a Lei 13.103, que determina que o empregador deve fazer esse acompanhamento. Por isso, o sistema para controle de jornada foi desenvolvido voltado para o registro das atividades do motorista de forma prática e segura. Diferente dos antigos diários de bordo e papeletas que eram mais suscetíveis à rasuras e fraudes, a solução roda em plataforma mobile Android (smartphones e tablets). Basta o motorista tocar na tela do dispositivo para que o apontamento de jornada seja registrado, evitando erros no preenchimento do diário de bordo. Além de simplificar a rotina, este formato aumenta a segurança jurídica e reduzir o risco de eventuais processos trabalhistas.

2) Aumentar a produtividade

O fato de acompanhar em tempo real a jornada do motorista e a situação das entregas tende a tornar as equipes mais eficientes. Com um software especializado em logística é possível definir indicadores, coletar informações e medir a produtividade da equipe de entregas. Sabendo quais são os gargalos, que podem ser desde desvio de rota, parada não programada ou até mesmo carregamento do caminhão de forma incorreta, fica mais fácil corrigir os problemas e aumentar a produtividade.

3) Reduzir horas extras

Outro motivo importante para implantar um software logístico é a redução de custos, que são extremamente altos neste segmento. Os relatórios de jornada de trabalho apresentam uma análise sobre os períodos ociosos, a produtividade e a necessidade de horas extras. Com base nessas informações sobre a jornada do motorista é possível reduzir as horas extras e aproximar cada vez mais o previsto do realizado.

Por fim, também é importante citar que o controle da jornada do motorista traz benefícios tanto para o profissional, quanto para a sociedade. Afinal, quando o profissional tem o direito ao descanso assegurado, ele tende a ter menos desgaste físico e mental. Isso reduz os acidentes de trabalho e aumenta a segurança nas vias públicas.

A sua empresa já usa algum tipo de tecnologia para monitorar a jornada do motorista? Compartilhe sua experiência ou se tiver alguma dúvida entre em contato conosco.

Se você gostou deste post, também vai gostar dos seguintes conteúdos:

Como fazer o controle da jornada do motorista em tempo real?
Para que serve o extrato de jornada do motorista?

 

Publicado originalmente em 25/02/2014 e atualizado em 08/08/2018.

[banner id=”2797″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *