Qual o impacto da evolução de indicadores na sua operação logística?

Acompanhar a evolução de indicadores na logística é uma prática fundamental para a melhoria contínua da operação. A iniciativa, que faz parte da rotina de grandes empresas que são referência em processos de entrega, também pode fazer parte do seu dia a dia. Veja como.

Indicadores logísticos são cada vez mais utilizados para que as empresas possam mensurar seus processos de distribuição. É a partir deles que os negócios validam estratégias e eficiência de rotas, bem como o valor do serviço de parceiros. Mas a evolução de indicadores também precisa fazer parte da rotina do gestor. Você sabe como ela impacta no dia a dia das empresas? Saiba mais neste post.

 

KPIs mais comuns da logística

Os KPIs ou indicadores de desempenho nada mais são do que ferramentas que ajudam a gestão a mensurar a eficiência do setor. Na área de logística, eles costumam estar relacionados com o custo-benefício das rotas, o tempo de entrega para os pedidos e a redução de falhas ao longo do processo.

Alguns dos indicadores que fazem parte da rotina logística, e que precisam ter a sua evolução acompanhada, são:

 

- Pedido perfeito

É o percentual de pedidos finalizados sem nenhum intercorrência. Trata-se daquelas entregas que acontecem no prazo previsto, dentro da rota desenhada, e que não sofreram nenhuma avaria. Quanto mais alto este indicador, mais eficiente será o processo logístico.

 

- Devoluções

Em contrapartida, um indicador de devoluções que esteja alto destaca que o processo logístico possui falhas graves. Em muitos casos, é a falta de visibilidade das rotas e de comunicação entre central e frota que causam este problema. Por conta disso, uma das ações mais comuns para tratar deste indicador é a aplicação de soluções de gestão para automatizar e garantir controle sobre o processo de entregas.

 

- Pedido previsto X realizado

Outro indicador comum da logística é o que compara o que foi projetado no momento da roteirização e como foi a execução das entregas. Uma boa estrutura logística é aquela que consegue realizar, na prática, um alto percentual do que foi previsto. Isso significa que custos extras com devoluções, combustível ou frete serão situações raras.

CTA (Demo) Roteirizador

- Paradas não programadas

Comum especialmente em empresas com frota própria, esse indicador deve ser acompanhado por uma solução de Tracking, que permita o acompanhamento do veículo ao longo do trajeto de entregas. E é um indicativo essencial para três fatores: garantir o cumprimento da rota prevista, reduzir despesas ao proporcionar o tratamento de devoluções no momento em que ocorrem, e manter a segurança da equipe de campo.

Estes são alguns dos indicadores logísticos – e você pode verificar mais dicas neste infográfico especial sobre o assunto, que preparamos para ajudar as empresas. Com base nestas informações, você pode implantar KPIs eficientes e passar a acompanhar de perto a evolução de indicadores realmente relevantes para o seu negócio.

É importante destacar que a evolução de indicadores – tanto estes que citamos como outros que fazem parte da rotina logística, só pode ser acompanhada com eficiência se eles contarem com dados atualizados. E este é um dos grandes desafios para o gestor de logística.

 

Como garantir informações relevantes para acompanhar a evolução de indicadores?

Grandes negócios já são famosos por investirem em boas práticas de logística que garantem o acompanhamento de indicadores.

Um dos casos mais famosos é o da Amazon, gigante global que aposta em automação e análise de dados para otimizar seu processo de entregas.

Entre os fatores que fazem dessa companhia um case de sucesso podemos destacar: investimento em infraestrutura própria; automação de ponta a ponta, garantindo uma logística integrada e bem monitorada; atenção especial ao last mile, quando a tecnologia auxilia no rastreamento de milhares de pedidos e na comunicação com os clientes.

Mas engana-se quem pensa que utilizar a evolução de indicadores é algo que se restringe a grandes operações. Atualmente, a automação é uma forma eficiente e acessível a variados tipos de negócios e o melhor caminho para que o gestor tenha em mãos dados atualizados, consolidados e de fácil entendimento.

Contar com um software de gestão logística que monitore todo o processo, da contratação do frete à finalização da entrega irá permitir que os dados não só sejam analisados, como o desenvolvimento de ações de melhorias seja realizado a partir de informações confiáveis.

Por isso, contar com especialistas em tecnologia de ponta é algo cada vez mais importante para quem busca se manter competitivo no cenário logístico brasileiro. Para saber mais sobre como a tecnologia será sua aliada neste processo, peça uma demonstração gratuita e conte com a expertise do nosso time.

CTA Chama no Whatsapp Amarelo

https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!​

comentários comentários

Recomendamos para você:

Supply chain BI: como aplicar inteligência de negócio nas entregas?

Supply chain BI é uma aplicação da inteligência empresarial à logística. Com Supply chain BI, é...

Distribuidora online: por que você precisa estar na internet?

Ter a sua distribuidora online tornou-se mais que uma opção, é uma necessidade. Estima-se que mais...

Como o bem-estar dos motoristas influencia no desempenho das entregas

Toda empresa de transportes entende a importância de fazer manutenção nos caminhões da frota...

Como otimizar os resultados nas operações de First Tier

Muitos empresários já se deram conta da importância de monitorar e otimizar os processos que dizem...
INFOGRAFICO

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa